O mercado de marketing digital vive em constante transformação. Além de estar completamente conectado às novas tecnologias, estudos comportamentais e metodologias diferentes surgem todos os dias adicionando cada vez mais informações.

Para ajudar você que está entrando agora nesse setor ou que procura atualizar os seus conhecimentos, nós dividimos as principais frentes em categorias. 

Assim fica mais simples visualizar tudo que essa frente envolve, quais são as suas características e quais são as nossas dicas para os seus profissionais. Vamos conferir?

Mercado de marketing digital: conheça as sete categorias

Code & Design

A primeira categoria em nossa divisão é voltada para design e programação. Os códigos são parte fundamental do marketing, responsáveis pela viabilização de sites, plataformas de e-commerce, aplicativos e tantos outros produtos digitais.

Além dos conhecimentos técnicos em programação geral, o profissional que atua desenvolvendo sites hoje deve estudar e aplicar os critérios de SEO (Search Engine Optimization) estipulados pelos mecanismos de busca, de forma a gerar mais visibilidade para o cliente. Dentre esses critérios, podemos citar alguns:

  • Estruturação de sitemap
  • Velocidade de carregamento
  • Certificados SSL e HTTPS
  • Comprimento das URLS
  • Hierarquia das páginas
  • Responsividade
  • Usabilidade
  •  

Os últimos dois quesitos também entram nas responsabilidades do designer. Juntos, ele e o programador devem desenvolver sites e aplicativos considerando a experiência do usuário (UX).

Se cada detalhe na concepção do projeto e das interfaces seguir os métodos e análises de UX, o resultado será muito mais responsivo, eficiente e simples para o usuário.

Planejamento estratégico no mercado de marketing

Pesquisas, anotações, estudos de mercado: tudo a postos! A segunda categoria da nossa lista é o planejamento.

É nessa fase que a base para toda a estratégia é construída. O profissional que assume o projeto deve gastar horas em pesquisas sobre o cliente, sua história, seus produtos e nicho.

Afinal, cada segmento está em uma fase de maturidade e apresenta uma situação diferente. Em alguns casos, é preciso educar o mercado sobre a solução ou produto oferecido.

Em outros, a solução já é conhecida pelo público-alvo, e o trabalho é trazer mais visibilidade para a marca.

Além de entender o universo do cliente para definir metas e objetivos assertivos, é essencial olhar para a concorrência e para as ações dos grandes players do mercado: montando o famoso benchmarking.

Com as informações mapeadas, o profissional pode partir para a criação da brand e buyer personas. A ideia é ir além do básico, reunindo informações sobre características, hobbies, preferências, dores e objeções a serem quebradas.

Por isso, a dica é não economizar nas entrevistas. As personas também darão base para todo o plano editorial, storytelling, KV de arte, escolha de pilares e canais de comunicação.

Em todo o processo, o profissional pode ajustar e revisar as metodologias escolhidas, sempre de acordo com os objetivos comunicados no início do projeto.

Publicidade

Dentro do mercado de marketing digital, a categoria de publicidade é voltada para anúncios, campanhas e impulsionamentos.

Toda estratégia de publicidade digital deve estar alinhada a um objetivo claro, uma divisão de verba eficiente, um estudo sobre a persona para a definição de segmentações e ao acompanhamento de novas tendências de consumo. Dentre as estratégias mais usadas no momento, citamos:

  • Retargeting
  • SEM (Search Engine Marketing)
  • Marketing de comportamento

 

A atualização constante também é um dos pilares desta categoria, especialmente no domínio das ferramentas necessárias. Conheça algumas delas:

 

Métricas

Esta é a categoria da análise de dados. O profissional que fica à frente das métricas não só diagnostica se a estratégia apresenta um retorno assertivo, mas entende o porquê dos números e aponta um caminho lógico, baseado em informações concretas.

O dia a dia de quem trabalha com métricas no mercado marketing digital passa pela análise de navegação de sites, mensuração das campanhas de publicidade online, redes sociais, e e-mails.

Essa otimização deve ser diária. Ao fim de cada mês, é possível organizar um dashboard com todos os dados relevantes e apresentá-lo ao cliente.

Business

Voltada para gestão e atendimento, a categoria business envolve o planejamento e gerenciamento de plataformas de e-commerce e projetos variados. 

Quem se interessa por essa área do mercado de marketing digital deve saber como administrar produtos digitais, processos de compra e promoções, além de analisar retornos e estar presente nas principais plataformas. 

Mídias sociais

A gestão de mídias sociais envolve tantas atividades que é considerada uma categoria por si só. 

Nela, o profissional precisa gerir toda a comunidade online que existe em torno da marca trabalhada. Definir um tom de comunicação e linguagem adequados, estipular interações que estimulem o engajamento, entre outros pontos. 

Além de planejar, executar e acompanhar estratégias nos principais canais, como Facebook, Instagram e LinkedIn, ainda é necessário estar preparado para possíveis crises de imagem, criando planos alternativos.

Marketing

Por fim, definimos como “marketing” o panorama geral – ou seja, o trabalho de um analista, que deve estar alinhado com todas as outras frentes.

Esta categoria envolve o gerenciamento das demandas citadas acima e uma visão crítica do todo. Dessa forma, o profissional deverá saber como extrair o melhor de cada área.

A São Paulo Digital School: sua porta para o mercado de marketing

A divisão de categorias apresentada no texto foi realizada pela São Paulo Digital School, instituição que capacita profissionais de comunicação e internet com cursos livres.

Há onze anos no mercado, já tivemos mais de 800 alunos. Nossos professores são especialista atuantes no mercado, e possuímos uma metodologia de ensino inovadora.

Temos cursos para todas as áreas do mercado de marketing digital apresentadas, e oferecemos trilhas de aprendizado exclusivas, de acordo com os seus objetivos.

As aulas se encaixam em sua rotina. Aproveite a oportunidade, aprofunde-se em sua área de preferência e construa networking em uma escola pioneira.